terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Do amor Aoristo



Alguém amará ela
Qual doce aquarela
Brindando cores ao dia gris?

Alguém amará ela
Qual foto minha na janela
Caland'a vid'em pret'e branco?

Alguém amará ela
D'inocênci'e chocolate
Lavrando falas de mil bigodes?

Alguém amará ela!

Por Rodrigo Francisco Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO SE ESQUEÇA!

-Comente à vontade!
-Sempre comente coisas relacionadas à postagem.
-Evite propaganda de blogs e outros sites.
-Para falar comigo escreva pra xerox_copia@yahoo.com.br


Participe comentando!