terça-feira, 3 de abril de 2012

No mar indefinido da p'lavra

No fundo é outro,
Algum, nenhum, pois todos.
Qu'igual a algo nem chega à sê um.

Por Rodrigo Francisco Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

NÃO SE ESQUEÇA!

-Comente à vontade!
-Sempre comente coisas relacionadas à postagem.
-Evite propaganda de blogs e outros sites.
-Para falar comigo escreva pra xerox_copia@yahoo.com.br


Participe comentando!