terça-feira, 29 de novembro de 2011

Este nome me lembra algo

Hoje D. Izabel me ligou dizendo que queria um livro.
Sexo Zen, este era o título pelo qual a atenciosa senhora procurava.
 - da conversa ao pensamento.
Não consigo compreender como terminações nervosas e contrações violentas de um prazer extremo podem ser controladas pela prática religiosa.

domingo, 27 de novembro de 2011

The pigs of Love

Por Rodrigo Francisco Barbosa

Think about the people nude
Walking by street colorful,
Think'about the loveless human
Stripping your bodys for nothing;

Think about the look divine
Eating people for between clothes,
Think about the bed sweaty
Waiting the holy body'almays absent;

Think about the sky
That crying for empteed eyes
Think about you love
That send men for world the hells.

Ouça a performance de Orlando José Vieira Franciscohttp://soundcloud.com/semcentro/the-pigs-of-love-by-rodrigo


sábado, 26 de novembro de 2011

Iguarias do dia

Anartria: impossibilidade de linguagem articulada.

Ecdótica: conjunto de regras que cumpre observar na publicação de um livro.

Cequim: antiga moeda de ouro.

Sítula: vaso de madeira, de forma arredondada.

buen apetito!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Diálogo do dia

 - o que é isso que você está me mostrando?
 - não consegue ver daí?
 - Não!
 - são as partes de fora.
 - de onde vem?
 - não sei; já estavam aqui quando cheguei.
 - vou levar! quero dizer...
 - Vou lavar.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Só não lê quem não quer!

Por: Eleotério Burrego


Números estatísticos saídos recentemente demonstram que uma enormidade de brasileiros sobrevivem com míseros cento e trinta e poucos reais ao mês. Se fossemos medir os que tem algo mais e consomem livros, teríamos a demonstração de uns, agora, míseros leitores em um mar de brasileiros esfomeados.
Deixando estes dados para a história e sociologia analisarem mais acertadamente, só não lê quem não quer, ou são realmente analfabetos de pai e mãe, apesar que existem seres gerados por néscios que dão ótimos leitores, intelectuais e até presidente da república. 
Nos lugares dos "livros esquecidos" é disponibilizado um leque substancial de literatura que derruba aquele bordão:"livro neste país é caro". Estou limpando e deixando em ótimo estado três livros: "Os trabalhadores do mar - Victor Hugo", "Babbitt - Sinclair Lewis", "Mulheres apaixonadas - D. H. Lawrence", em capa dura, sem manuseio, páginas alvíssimas, quer dizer nem foram lidos pelos ex donos. Nós estamos vendendo a dez reais cada, mas tem amigos livreiros vendendo até a 1,99 na internet. 
É incrível!!! Mesmo a dez reais, só leva o bordão adiante quem consegue ver um pouquinho além do próprio nariz. Nunca se reclama do preço de duas ou mais cervejas nos fins de semana, ou um maço de cigarro ao dia. Temos milhões e milhões de fumantes e alcoólatras mas míseros milhares de leitores.

domingo, 13 de novembro de 2011

Logo pela manhã

O anjo branco conduz as seis ovelhas negras.
Elas escondem em si, o gosto amargo por não desfrutar do prazer.

sábado, 12 de novembro de 2011

Cerveja, sexo e literatura.

Existe um ditado que é líquido e certo nos seus dizeres: "gosto não se discute". Ainda mais aqui! No lugar dos Livros Esquecidos a gente constata muito isto, e nos deixa mais alvoroçados ainda neste universo da literatura. Somos submetidos as mais variadas tentações de maravilhas. Então, para não contrariar o dito ditado, digo, ou melhor, é politicamente correto antes de emitirmos opinião, antepor : "para mim". Assim digo, para mim o melhor dos descolados e de pessoa que soube tirar o bom de bebida e mulher foi Henry Chinaski, as vezes ele ficava na dúvida em qual ele mergulhava mais fundo.
 Em "Mulheres", para mim seu melhor livro, como dizem seus livros, sempre de cunho autobiográfico, traça este mundo que só ele soube demonstrar com maestria. Dá até vontade de ser escritor, fazer poemas, beber cervejas e as mulheres aparecerão até debaixo de tapetes, e de todos os matizes. Mas tudo isto são outros quinhentos, são os embalos que a boa literatura causa.
  "Mulheres" sintetiza o Bukowski que habita dentro de cada um de nós, sejamos anjos ou demônios. Este mergulho vale a pena, nem precisamos terminar e já começamos a ver a vida através do copo de cerveja, mesmo morna.
Por:   Eleotério.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

No melhor estilo faça você mesmo.

Enfim concluí o projeto no seu mais antigo formato.
Após intermináveis esforços, onde texto e imagem combinam-se dentro de uma comunicação impressa, a expansão de idéias  resulta em mais uma edição do zine "A TRAÇA".


quinta-feira, 10 de novembro de 2011

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Por que Apolo?

Apolo é uma referência na qual me baseio e fixo um momento à (d)escrever.
Os personagens existem de fato!

domingo, 6 de novembro de 2011

Neste blog

O importante aqui a ser escrito, é dizer que as ações implicam todo tipo de estranhamento emocional.
Portanto, respeite a ideia como parte de um indivíduo e questione se necessário.

sábado, 5 de novembro de 2011

Eu te falei sobre os impulsos

"Exigir da força que não se expresse como força, que não seja um querer-dominar, um querer-vencer, um querer-subjugar, uma sede de inimigos, resistências e triunfos, é tão absurdo quanto exigir da fraqueza que se expresse como força."

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Até as três da manhã

Uma noite sem sono, a debater, tentando com esmero exemplificar o que me fustiga.
Serei eu o mau que não me compreende?

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Uma infância

Rubens era tão bravo, que por vezes exercia poder sobre os pais de seus netos.
Isso fazia dele o centro das atenções sem que ninguém discordasse da sua intolerância.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Pelo menos no papel

"Esse é o prblema da filosofia: já não funciona tão bem depois da aula, ou seja, na vida real."